Bem Vindo!

O DESAFIO DE CONTINUAR A ALFABETIZAÇÃO

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$25,00
OU

Descrição Rápida


Rosa Maria Gentil de Avellar 


É um livro estimulador para todos os que desejam ter sucesso nas atividades de ensinar a redigir.
O grande desafio da autora - como o de milhares de professores que têm dificuldades para ensinar seus alunos a escrever - era dar seqüência ao processo educativo ensinando seus alunos a redigir, principalmente nas séries iniciais da escola fundamental. A partir desse desafio, desenvolveu uma série de ações bem sucedidas relatadas neste estudo. Ela apresenta no livro as atividades, seus fundamentos e análises, que demonstram os bons resultados obtidos, a partir de experiências de muitos anos.









PREFÁCIO


Voltar-se para o cotidiano das nossas escolas foi uma das importantes conseqüências do movimento de revisão pelo qual vem passando a área de Didática, no país e fora dele.
Essa mudança de rumos tem permitido uma série de estudos com ricas possibilidades para a melhoria da qualidade de ensino, seja quando se denunciam mazelas, seja quando são apontadas e analisadas sugestões para o dia-a-dia de nossas escolas, professores e crianças.
Este livro relata um trabalho que se insere nesta última vertente. Toma como dado concreto a enorme repetência nas séries iniciais do ensino fundamental brasileiro e quer trabalhá-lo.
No Estado de São Paulo, desde o ano de 1984, vem sendo implementada a proposta do Ciclo Básico,. Englobando sem barreiras as duas séries iniciais. No entanto, o gargalo do fracasso, antes estabelecido na passagem para a segunda série, se deslocou para a passagem entre a segunda e terceira séries, criando-se rupturas na seqüência da vida escolar dos alunos. Os que vivem e conhecem a realidade escolar sabem do que estou falando. Este gargalo, portanto, aparece como um novo desafio a ser enfrentado por professores e alunos, sobretudo nas escolas públicas.
Foi a esse enfrentamento que ROSA MARIA se dedicou.
Seu grande desafio – como o de centenas de colegas encarregadas de segundas séries – era dar seqüência ao processo de alfabetização, iniciado pelas crianças no ano anterior. Entretanto, aos professores, tal tarefa vem acompanhada de algumas características consideradas negativas ou desagradáveis: é uma tarefa sem "sabor", "chata", "maçante", "difícil", pois o trabalho dos alunos da segunda série precisa ter ênfase na redação. Como fazê-lo? Como trabalhar em outras bases, diferentes das existentes? Como é possível implantar modificações sem radicalismos, sem eliminar tudo o que já se faz?
O trabalho-estudo de ROSA MARIA relatado neste livro apresenta algumas respostas a tais questões.
Elaborado com rigor e seriedade, apresenta-se ao leitor um texto que relata seu trabalho de professora, sistematizado, fundamentado. Não "joga fora" procedimentos didáticos comuns às salas de aula – cópias, ditados – mas os recontextualiza no conjunto de um trabalho diário de ensino com maior riqueza e significado.
Além disso, este livro recupera temas bastante abandonados nos últimos anos – recursos didáticos, reprodução de histórias – os quais já foram objeto de muitos estudos e práticas na escola primária e ficaram no ostracismo, como se não tivessem mais suas funções no dia-a-dia do professor alfabetizador e seus alunos.
Tais práticas articuladas em um projeto de ação desenvolvido pela autora, com as segundas séries, acompanhado das reflexões e constante re-elaboração, demonstram o importante papel da pesquisa para a melhoria das escolas que muito têm a ganhar com o registro, a análise e a divulgação de práticas escolares bem sucedidas na evolução de nossas crianças.
Esta divulgação é o que se pretende com este livro. Penso que os professores de segundas séries, alunos e professores de cursos da Habilitação Específica de Segundo Grau para o Magistério, e dos cursos de Pedagogia, bem como outros cursos que preparem profissionais para o trabalho educativo nas séries iniciais da escola fundamental, terão muito a aproveitar com as propostas presentes neste livro.
Acresça-se, ainda, um desafio suplementar: que a contribuição aqui apresentada não se esgote nas sugestões em si mesmas, mas, fundamentalmente, sejam um estímulo para que avancem, enfrentem também o desafio enfrentado pela autora, elaborando novas propostas, enriquecendo cada vez mais a vida escolar diária entre nós.

Alda Junqueira Marin





capa

Mais Visualizações

Detalhes

SUMÁRIO

  • Prefácio  Alda Junqueira Marin
  • 1 - Introdução 
  • 2 - Alguns fundamentos do projeto
  • 3 - O projeto em ação 
  • 4 - Atividades iniciais: diagnóstico 
  • 5 - Produzindo textos: recursos alternativos 
  • 5.1. A literatura infantil como recurso na produção de textos 
  • 5.2. A ilustração como recurso na produção escrita 
  • 5.3. O dicionário auxiliando o trabalho com palavras e textos 
  • 5.4. O vídeo auxiliando a produção de textos 
  • 5.5. A música como instrumento para compreensão de textos 
  • 5.6. O Tangran e a produção escrita 
  • 5.7. A dobradura direcionando a produção escrita 
  • 5.8. O jornal como instrumento na produção de textos 
  • 5.9. Os diferentes componentes curriculares como material auxiliar na produção escrita 
  • 6 - Considerações finais: apenas mais um momento de pausa para as reflexões mais aprofundadas 
  • Bibliografia 

 

Informações Adicionais

Autor (es) / Organizador (es) Rosa Maria Gentil de Avellar
Editora (s) Junqueira&Marin Editores
ISBN 85-86305
Área (s) / Assunto (s) Ensino da Escrita; Alfabetização; Letramento; Didática; Metodologia de Língua Portuguesa; Currículo; Formação de Professores
Edição / Ano 1ª / 1995
Nº de Páginas 110
Acabamento / Formato brochura - costurado e colado / 14cm x 21cm

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.