Bem Vindo!

PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO EM ESCOLAS PÚBLICAS: o gosto pelo que sabem e fazem na profissão docente

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$43,00
OU

Descrição Rápida

Nágila Caporlíngua Giesta


A autora apresenta uma análise da ação cotidiana na escola e traz reflexões sobre o ensinar e o aprender na educação formal. O importante é que essa análise evidencia o desejo de revigorar a retomada do entusiasmo pelo fazer pedagógico minimizando o tom de denúncia à impossibilidade de ser professor nos dias de hoje ou à inadequação da escola para atender a demanda da sociedade.


 






 


Apresentação: 

... seremos capazes de interpretar os significados e a produção de significados de uma forma orientada por princípios apenas na medida em que formos capazes de especificar a estrutura e a coerência dos contextos mais amplos nos quais os significados específicos são criados e transmitidos. JEROME BRUNER, 1997

O trabalho favorece ações coletivas e criação de cultura. No magistério há uma cultura profissional que reforça postura diante de ser professor e ser estudante, ainda que ao longo dos tempos o perfil dos integrantes da vida escolar tenha sido influenciado por diferentes contextos, políticas, ideologias, constituídos por diversificados fatores econômicos e sociais. As relações na escola mudaram, mas permanecem fortes conceitos que dão significado e sugerem a maneira de se enxergar as pessoas e os demais seres que compõem o cenário e as cenas escolares.
Olhar a ação cotidiana na escola tem suscitado a reflexão sobre o ensinar e o aprender na educação formal. O importante é que esse olhar contenha o desejo de revigorar a retomada do entusiasmo pelo fazer pedagógico minimizando o tom de denúncia à impossibilidade de ser professor nos dias de hoje ou à inadequação da escola para atender a demanda da sociedade. Esta consideração se abastece em declarações de que a escola pública deixou de oportunizar um ensino de qualidade, gerando frustração à progressão escolar de seus alunos ou egressos. Especialmente o ensino médio sofre críticas diante das avaliações para ingresso e permanência na educação superior ou para determinadas chamadas no mercado de trabalho. Tais declarações são feitas em espaços diversificados, nem sempre por pessoas abalizadas, descrevendo uma realidade que obscurece o trabalho e dedicação de tantos professores e escolas que procuram desenvolver ações educativas transformadoras. Profissionais que não se deixam prostrar em seus procedimentos na educação de jovens e adultos, apesar de estarem cientes que fatores externos e internos de caráter político-sócio-econômico são fortes e quase desalentadores na busca deste intento.
[...]




 

ProfessoresEnsinoMedio

Mais Visualizações

Detalhes

SUMÁRIO

  • APRESENTAÇÃO
  • A escola de ensino médio, local de trabalho, cenário para investigação educacional
  • GÊNESE DO ESTUDO: IDÉIAS E PRÁTICAS
  • CONSIDERAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS
  • Vivências na profissão docente
  • Formação continuada aliada ao desenvolvimento profissional
  • Potencialidades individuais e grupais docentes e a construção do currículo
  • As diferenças constituídas nas práticas sociais, políticas e culturais
  • As "diferenças" e a educação escolarizada
  • A sociedade global e a abordagem curricular
  • Ação docente na aprendizagem pelo aluno
  • Intervenção pedagógica para uma aprendizagem escolar
  • Ações pedagógicas estimuladoras de aprendizagem escolar
  • PERCURSOS DA INVESTIGAÇÃO
  • Construção da identidade profissional: caminhos para sua compreensão
  • Definição do problema e das questões de pesquisa
  • Delineando procedimentos de investigação
  • Metodologia utilizada
  • Identificação dos professores participantes do estudo
  • Procedimentos utilizados na coleta de informações
  • Procedimentos utilizados na análise das informações
  • CENÁRIO EM QUE SE DESENVOLVEM AS AÇÕES PEDAGÓGICAS DOS DOCENTES INVESTIGADOS
  • A escola, seu tempo, sua história
  • Escola pública: ambigüidades de seus profissionais e de seus mantenedores
  • REPRESENTAÇÕES, CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DOS PROFESSORES SOBRE SUA FORMAÇÃO E AÇÃO DOCENTE
  • A pessoa, o professor, a experiência acadêmica e profissional
  • A formação pedagógica
  • A formação continuada através de cursos e eventos acadêmicos
  • A formação continuada na relação com os pares
  • A formação continuada a partir das relações com os alunos
  • Formação continuada: o que a impulsiona
  • A carreira docente
  • Sentimentos e emoções na base de sustentação da carreira docente
  • Razões da permanência na profissão
  • Dificuldades no exercício da profissão
  • Implicações político-sociais de ser professor
  • As condições de trabalho
  • Atitudes dos alunos em relação à aprendizagem na visão dos docentes
  • A escola, os recursos disponíveis e ações político-pedagógicas na visão dos professores
  • Circunstâncias escolares e o trabalho docente
  • Ações diante das condições de trabalho
  • A satisfação no trabalho docente
  • Concepção de currículo: experiências no trabalho docente
  • O currículo desejado
  • Procedimentos pedagógicos mais utilizados
  • Concepções sobre a ação do currículo desenvolvido
  • Concepções de qualidade de ensino
  • A aprendizagem discente
  • As concepções pedagógicas
  • Enfim, o que faz ser e continuar professor
  • NA TECEDURA DAS INFORMAÇÕES, O DISCERNIMENTO DO REAL
  • Vida, emoções e expectativas
  • As respostas às questões que nortearam o estudo junto aos professores bem-sucedidos no ensino médio
  • NA SÍNTESE DAS INFORMAÇÕES, AS VERDADES E AS QUIMERAS
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Informações Adicionais

Autor (es) / Organizador (es) Nágila Caporlíngua Giesta
Editora (s) Junqueira&Marin Editores
ISBN 978-85-86305-58-0
Área (s) / Assunto (s) Didática / Pesquisa sobre Professores / Formação de Educadores / Atuação Didática
Edição / Ano 1ª / 2008
Nº de Páginas 268
Acabamento / Formato brochura - costurado e colado / 14cm x 21cm

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.